Atividade de português: Vocativo – 8º ano

Atividade de português: Vocativo - 8º ano

    Atividade de português, dirigida aos alunos do oitavo ano do ensino fundamental, visa ao aprendizado do vocativo. As variadas questões apresentadas baseiam-se no texto Tati, a garota, escrito por Aníbal Machado. 

    Você pode baixar esta atividade de língua portuguesa em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.



 

 

    Faça o download deste exercício de português em:

 

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:     

Leia:

Tati, a garota

    Vendo que era mesmo impossível, Tati desistiu de pegar o raio de Sol estendido no chão. Os dedos feriam a terra inutilmente: o reflexo não tinha espessura.

    Seu capricho agora era com a água. Queria ver se retirava ao menos um pedacinho do tanque, mas o líquido suspenso em suas mãos vira uma coisa diferente que se desmancha logo, cintilando entre os dedinhos. E na superfície do tanque não ficava a menor cicatriz!

    É a primeira vez que Tati brinca na água com intenção de agarrá-la, de sentir-lhe o mistério. Fica tão absorta, que os apelos “Anda, Tati! Larga isso, menina!”, que vêm da janela, nem chegam a serem ouvidos.

    Logo depois começa a ventar. Mas, com o vento era diferente: Tati já sabia que ele nunca se deixa agarrar nem ver, embora viva sempre em toda parte dando demonstrações de sua presença. Esse vento!…

    Antes de subir, joga água em si mesma, apressadamente borrifando-se no rosto e no vestido.

    Chegando a noite, Manuela atira-se à cama, sem responder a algumas perguntas que lhe faz a filha, sempre intrigada com a água. Debaixo das cobertas, Tati ainda balbucia os últimos pedidos: um carrinho e um patinho igual ao que viu nas mãos de outra criança.

    – Esse menino tinha patinho, não sabe, mamãe? Comia cada bombom que só você vendo!… O papel era uma beleza! Aqui, eu acho que todo mundo come muita bala, também…

    – Dorme, Tati.

    – Aqui é bom.

    – Dorme […]

MACHADO, Aníbal. A morte da porta-estandarte; Tati, a garota e outras histórias. São Paulo: José Olympio, 1997. (Fragmento).

 

Questões

Questão 1 – O texto tem a intenção de:

a) expor um ponto de vista.

b) narrar uma história.

c) ensinar algo.

d) noticiar um acontecimento.

 

Questão 2 – Há o predomínio no texto de sequências:

a) expositivas

b) argumentativas

c) descritivas

d) narrativas

 

Questão 3 – No trecho “[…] embora viva sempre em toda parte dando demonstrações de sua presença.”, a palavra em destaque retoma, considerando-se o contexto:

R:

 

Questão 4 – Assinale a alternativa em que o termo “Tati” desempenha a função de vocativo:

a) “Tati, a garota”.

b) “Vendo que era mesmo impossível, Tati desistiu de pegar o raio de Sol estendido no chão.”

c) “É a primeira vez que Tati brinca na água com intenção de agarrá-la, de sentir-lhe o mistério.”

d) “Fica tão absorta, que os apelos “Anda, Tati!”

 

Questão 5 – Na passagem “Larga isso, menina!”, o vocativo foi direcionado:

a) à água

b) à Tati

c) à Manuela

d) à outra criança

 

Questão 6 – Sublinhe os vocativos que compõem as frases a seguir:

a) “– Esse menino tinha patinho, não sabe, mamãe?”

b) “– Dorme, Tati.”

 

Questão 7 – Compreende-se como vocativo o termo empregado para:

a) complementar o sentido de um substantivo.

b) explicar o significado de outro termo.

c) modificar o sentido de um verbo, adjetivo ou advérbio.

d) chamar alguém.

 

Questão 8 – Assinale o sinal de pontuação que antecede os vocativos presentes no texto:

a) vírgula

b) ponto final

c) ponto de exclamação

d) ponto de interrogação

 

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *