Atividade de português: Modo imperativo – 9º ano

Atividade de língua portuguesa: Modo imperativo - 9º ano

    Atividade de português, direcionada aos alunos do 9º ano, propõe o estudo do modo imperativo, por meio do texto Ganhe um amigo.

    Você pode baixar esta atividade de língua portuguesa em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.



 

 

    Faça o download desta atividade em:

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:   

Leia: 

Ganhe um amigo

    Está pensando em ter um animal de estimação? Em vez de comprar, adote. Há milhões de cães e gatos no Brasil precisando de um lar. Em sites como o procure1amigo.com.br, você pode pesquisar conforme suas preferências. Se não encontrar nenhum animal disponível na sua cidade, informe-se em clínicas veterinárias e pet shops.

    Pense bem antes de levar um animal para casa. Você tem tempo e dinheiro para cuidar dele? Vai ter paciência para educá-lo? Consulte criadores ou veterinários para se informar sobre as demandas de cada espécie. Se for um felino, você pode buscar ajuda do “Clube Brasileiro do Gato”, presidido pelo Gerson: bit.ly/cbrgato.

Revista Todos – A vida é feita de histórias. Qual é a sua? – Outubro/Novembro, p.18.

 

Questão 1 – Identifique a finalidade do texto:

 

Questão 2 – No trecho “Você tem tempo e dinheiro para cuidar dele? Vai ter paciência para educá-lo?”, as formas pronominais destacadas substituem:

a) um amigo

b) um animal de estimação.

c) um animal

d) um felino

 

Questão 3 – Relacione:

  1. Modo Indicativo
  2. Modo Subjuntivo
  3. Modo Imperativo

(     ) “Ganhe um amigo.”

(     ) “Você tem tempo e dinheiro para cuidar dele?”

(     ) “Se for um felino […]”

 

Questão 4 – Grife os verbos no imperativo nas seguintes passagens:

a) “Em vez de comprar, adote.”

b) “[…] informe-se em clínicas veterinárias e pet shops.”

c) “Pense bem antes de levar um animal para casa.”

d) “Consulte criadores ou veterinários para se informar sobre as demandas de cada espécie.

 

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *