Interpretação e produção de texto dissertativo-expositivo: Música: O que é amor pra você – 8º ou 9º ano

Interpretação e produção de texto dissertativo-expositivo - 8º ou 9º ano

    Atividade de interpretação e produção de texto, indicada a alunos do oitavo ou nono ano do ensino fundamental, desenvolvida com a música “O que é amor pra você?” da cantora Marília Mendonça  e o texto “O que não é amor” de Augusto Schimanski. Esta atividade propõe leitura, interpretação e produção de texto argumentativo-expositivo com o tema “amor”. 

    Esta atividade de português está disponível para download em modelo editável do Word, pronto para impressão em PDF e também a atividade respondida.



 

 

    Baixe esta atividade em:

 

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:     

Texto I – O que é amor pra você?

Respira fundo, eu tenho muito pra dizer
Talvez você não consiga entender

Mas dei o melhor de mim

Nunca pensei que o fim seria assim tão perto
Mas pra seguir sendo sincero
Já esperei demais

Eu tentei ser na sua vida alguém raro
Mas o certo pra você tá errado
Eu fiz tudo que você pediu pra fazer

Eu sei, acabei te assustando
Todo dia um novo plano
E você só queria um tempo, um momento, um instante de prazer
Então me diz o que é amor pra você?
Até agora não consigo entender
Se eu fui o que muitos procuram

Então me diz o que é amor pra você?
Com quantos corações você vai ter que brincar?
Quantos eu te amo você vai desperdiçar?
Com seu amor aqui na sua frente
Me diz o que é amor pra você?

https://www.vagalume.com.br/marilia-mendonca/o-que-e-amor-pra-voce.html

Após ouvir a música da cantora Marília Mendonça, responda:

1.Qual é o tema?

 

2.Quem é/são a/as personagens da história?

 

3.O eu lírico é feminino ou masculino? Explique extraindo um verso ou uma palavra da canção que comprove sua resposta.

 

4.A história é real ou o que é relatado acontece apenas na ficção? Explique.

 

 

5.O eu lírico conta algo que:

I.Está acontecendo no presente.

II.Aconteceu em um passado bem próximo.

III.Aconteceu num passado distante.

IV.Acontecerá num futuro bem próximo.

Assinale apenas a alternativa correta:

a.(   ) apenas a alternativa I está correta.

b.(   ) apenas a alternativa II está correta.

c.(   ) apenas a alternativa III está correta.

d.(   ) apenas a alternativa IV está correta.

 

6.Encontre na música 1 verso ou expressão que confirme sua resposta.

 

 

7.Você já viveu a situação relatada na canção? Amar sem medidas e acreditar que era correspondido, porém de repente tudo acabou sem explicação? Comente como você se sentiu e o que fez para curar seu coração magoado.

 

8.Você acha que quando amamos alguém, alguma coisa muda na nossa vida? Explique.

 

9.Você acredita que na vida é possível sofrer por amor uma única vez? Comente.

 

10.Você acha que há alguma explicação científica sobre o que acontece quando amamos alguém? Faça uma pesquisa.

 

11.Pesquise quais são os hormônios que ajudam na primeira aproximação dos casais e causam as sensações da paixão?

 

12.Qual é o hormônio que faz a paixão evoluir para o amor? Como ele reage?

 

Texto II – QUE TAL FALAR DO QUE NÃO É AMOR?

Augusto Schimanski

    Já falou-se tanto em amor, amizade e paixão… Que tal falarmos do que NÃO é amor?

    Se você precisa de alguém para ser feliz, isso não é amor. É carência.

    Se você tem ciúme, insegurança e faz qualquer coisa para conservar alguém ao seu lado, mesmo sabendo que não é amado, e ainda diz que confia nessa pessoa, mas não nos outros, que lhe parecem todos rivais, isso não é amor. É falta de amor próprio.

    Se você acredita que “ruim com ela(e), pior sem ela(e)”, e sua vida fica vazia; não consegue se imaginar sozinho e mantém um relacionamento que já acabou só porque não tem vida própria – existe em função do outro – isso não é amor. É dependência.

    Se você acha que o ser amado lhe pertence; sente-se dono(a) e senhor (a) de sua vida e de seu corpo; não lhe dá o direito de se expressar, e ter escolhas, só para afirmar seu domínio, isso não é amor. É egoísmo.

    Se você não sente desejo; não se realiza, porém sente algum prazer em estar ao lado dela, isso não é amor. É amizade.

    Se vocês discutem por qualquer motivo; morrem de ciúmes um do outro e brigam por qualquer coisa; nem sempre fazem os mesmos planos; discordam em diversas situações; não gostam de fazer as mesmas coisas ou ir aos mesmos lugares, mas em um momento íntimo combinam perfeitamente, isso não é amor. É desejo.

    Se seu coração palpita mais forte; o suor torna-se intenso; sua temperatura sobe e desce vertiginosamente, apenas em pensar na outra pessoa, isso não é amor. É paixão.

    Agora, sabendo o que não é amor, fica mais fácil analisar, verificar o que está acontecendo e procurar resolver a situação. Ou se programar para atrair alguém por quem sinta carinho e desejo; que sinta o mesmo por você, para que possam construir um relacionamento equilibrado. Aí sim, este é o verdadeiro e eterno AMOR.

    Meu pai disse-me um dia: “Filho… você terá três tipos de pessoa na sua vida:

    – Uma AMIGA: aquela pessoa que você terá sempre em grande estima, que você sabe que poderá contar sempre; que bastará você insinuar que está precisando de ajuda e a ajuda está sendo dada;

    – Uma AMANTE: aquela pessoa que faz o seu coração pulsar; que fará com que você flutue e nada importará quando vocês estiverem juntos;

    – Uma PAIXÃO: aquela pessoa que você amará, desejará incondicionalmente, às vezes nem lhe importa se ela lhe quer ou não, e talvez ela nem fique sabendo disso.

    Mas, se você conseguir reunir essa três pessoas numa só – pode ter certeza meu filho:

    – “Você encontrou a felicidade.”Texto adaptado.

 

Após a leitura do texto responda:

1.Para o autor qual é a diferença entre carência e dependência? Você concorda com ele? Explique.

 

2.Após a leitura do  texto I e do texto II, explique qual é a semelhança e qual é a diferença entre ambos?

 

3.Segundo Augusto Schimanski o que é o amor?

 

4.Para você o que é amor?

 

5.Agora é sua vez de produzir um texto com o tema “amor”. Você poderá utilizar os dois textos acima como base para a sua produção. Seu texto deverá conter:

  • Parágrafo(mínimo três)- Introdução, desenvolvimento e conclusão;
  • Pontuação;
  • Acentuação obedecendo regras da nova ortografia;
  • Coesão e coerência;
  • Título;
  • No mínimo 15 linhas.
  • Modalidade dissertativo-expositivo.(Aquele quetem como objetivo informar e esclarecer o leitor através da exposição de um determinado assunto ou tema. Não há a necessidade de convencer o leitor, apenas de expor conhecimentos, ideias e pontos de vista). Bom trabalho!

 

 

  Por Rosiane Fernandes Silva

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







2 Comentários para Interpretação e produção de texto dissertativo-expositivo: Música: O que é amor pra você – 8º ou 9º ano

  1. Esta atividade é muito intessante, obrigada pela dica incentiva a produção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *