Interpretação de texto: A carona – 4º ou 5º ano

Interpretação de texto: A carona - 4º ou 5º ano

    Atividade de interpretação de texto, proposta a alunos do quarto ou quinto ano do ensino fundamental, com questões baseadas no texto “A carona”.

    Você pode baixar esta atividade de língua portuguesa em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.



 

 

    Faça o download desta atividade de português em:

 

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:     

A carona

    Em uma linda manhã, Franguita, a galinha branca, foi para a cidade. Ela queria comprar botas. A tarde chegou, e era hora de voltar para o galinheiro. O problema era que ela sentia frio e dor nas patas por causa das botas novas. Ao longe, escutava-se o barulho de um carro. Franguita ficou na beira da estrada e pediu carona com a asa. O carro parou.

    – Boa tarde – disse Leon, o ouriço. – Você quer carona?

    – Com prazer. Estou cansada e com medo de encontrar a raposa – respondeu Franguita.

    – A raposa está sentada no banco traseiro. Vou levá-la ao dentista, ela quebrou três dentes. Você não corre nenhum perigo! Mas dar carona para uma galinha e uma raposa ao mesmo tempo é muito raro.

    – E, por acaso, um ouriço dirigir um carro não é estranho? – perguntou Franguita.

 

Questões

1) Qual é o título do texto?

R:

 

2) Quantos parágrafos há no texto?

R:

 

3) Quais são os personagens da história?

R:

 

4) O que Franguita foi fazer na cidade?

R:

 

5) O que aconteceu na hora da Franguita voltar para casa?

R:

 

6) Quem ajudou Franguita a voltar para casa?

R:

 

7) Qual era o medo de Franguita?

R:

 

8) Por que Leon disse que ela não devia se preocupar?

R:

 

9) O que você acha da seguinte frase dita por Franguita: “E, por acaso, um ouriço dirigir um carro não é estranho?”

R:

 

10) Qual a sua opinião sobre pedir carona? Justifique sua resposta.

R:

 

 

Por ACESSABER

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *