Interpretação de texto: A lebre e a tartaruga – 8º ano

Interpretação de texto: A lebre e a tartaruga - 8º ano

    Atividade de interpretação de texto, indicada para os estudantes do 8º ano, proporciona o desenvolvimento de diferentes habilidades de leitura. As questões baseiam-se na fábula A lebre e a tartaruga

    Você pode baixar esta atividade de português em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.


 

 

    Faça o download desta atividade em:

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:     

Leia:

A lebre e a tartaruga

    Um dia uma tartaruga começou a contar vantagem dizendo que corria muito depressa, que a lebre era muito mole, e enquanto falava a tartaruga ria da lebre. Mas a lebre ficou mesmo impressionada foi quando a tartaruga resolveu apostar uma corrida com ela.

    “Deve ser só de brincadeira!”, pensou a lebre.

    A raposa era o juiz e recebia as apostas. A corrida começou, e na mesma hora, claro, a lebre passou à frente da tartaruga. O dia estava quente. Por isso, lá pelo meio do caminho a lebre teve a ideia de brincar um pouco. Depois de brincar, resolveu tirar uma soneca à sombra fresquinha de uma árvore.

    “Se por acaso a tartaruga me passar, é só correr um pouco e fico na frente de novo”, pensou.

    A lebre achava que não ia perder aquela corrida de jeito nenhum. Enquanto isso, lá vinha a tartaruga com seu jeitão, arrastando os pés, sempre na mesma velocidade, sem descansar nem uma só vez, só pensando na chegada. Ora, a lebre dormiu tanto que esqueceu de prestar atenção na tartaruga. Quando ela acordou, cadê a tartaruga? Bem que a lebre se levantou e saiu zunindo, mas nem adiantava. De longe ela viu a tartaruga esperando por ela na linha de chegada.

    Moral: Devagar e sempre se chega na frente.

Fábulas de Esopo. Compilação de Russell Ash e Bernard Higton.

São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1994. p. 12.

 

Questão 1 – O texto lido é do gênero:

a) notícia

b) fábula

c) conto

d) lenda

 

Questão 2 – Há o predomínio no texto da:

a) opinião sobre os episódios relatados.

b) comparação entre dois animais.

c) descrição de personagens e ambientes.

d) narração de fatos ocorridos.

 

Questão 3 – Identifique a finalidade do texto lido:

 

 

Questão 4 – No segmento “Quando ela acordou, cadê a tartaruga?”. o verbo destacado exprime um fato:

a) que poderia acontecer.

b) totalmente concluído.

c) que está acontecendo.

d) inacabado no momento em que é narrado.

 

Questão 5 – No período “A corrida começou, e na mesma hora, claro, a lebre passou à frente da tartaruga.”, a locução sublinhada indica:

a) tempo

b) modo

c) afirmação

d) lugar

 

Questão 6 – No trecho “Bem que a lebre se levantou e saiu zunindo, mas nem adiantava.”, a conjunção grifada estabelece entre as orações uma relação de:

a) conclusão

b) explicação

c) oposição

d) concessão

 

Questão 7 – A passagem “O dia estava quente. Por isso, lá pelo meio do caminho a lebre teve a ideia de brincar […]” foi reescrita corretamente em:

a) “O dia estava quente. Mas, lá pelo meio do caminho a lebre teve a ideia de brincar […]”

b) “O dia estava quente. Com efeito, lá pelo meio do caminho a lebre teve a ideia de brincar […]”

c) “O dia estava quente. Assim, lá pelo meio do caminho a lebre teve a ideia de brincar […]”

d) “O dia estava quente. Afinal, lá pelo meio do caminho a lebre teve a ideia de brincar […]”

 

Questão 8 – As aspas foram utilizadas no texto para sinalizadas:

a) as falas de um personagem.

b) os comentários do narrador.

c) os trechos escritos na 1ª pessoa do singular.

d) os fatos principais da história.

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *