Atividade interdisciplinar: Sobre Bullying – 8º ou 9ª ano

Atividade interdisciplinar: Sobre Bullying - 8º ou 9ª ano

    Atividade sobre bullying, proposta a alunos do oitavo ou nono ano do ensino fundamental, com exercícios para as disciplinas de Inglês e Português. As  atividades são propostas com leitura e interpretação da música ”Hopeful” da dupla Bars & Melody, textos informativos sobre bullying, cyberbullying, análises de imagens, biografia, bingo com palavras que levam a reflexão da prática de bullying, produção de texto, elaboração de mural e apresentação da música Raridade do cantor Anderson Freire.

    Esta atividade está disponível para download em modelo editável do Word, pronto para impressão em PDF e também a atividade respondida.



 

 

    Baixe esta atividade em:

 

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:     

HopefulBars & Melody

Hopeful – Bars & Melody

Oh, oh, oh

Yeah, check it out!
Oh, no
Here we go
Oh, oh

Please help me God, I feel so alone
I’m just a kid
How can I take it on my own?
I’ve cried too many tears, yeah, writing this song
Trying to fit in, where do I belong?
I wake up every day, don’t want to leave my home

My momma’s askin’ me why I’m always alone
Too scared to say, too scared to holler
I’m walking to school with sweat around my collar
I’m just a kid, I don’t want no stress
My nerves are bad, my life’s a mess
The names you call me, they hurt real bad
I want to tell my mom
She’s havin’ trouble with my dad
I feel so trapped, there’s nowhere to turn

Come to school
Don’t wanna fight, I wanna learn
So please Mr. Bully
Tell me what I’ve done
You know I have no dad
I’m livin’ with my mom

Cause I’m hopeful
Yes, I am hopeful for today
Take this music and use it
Let it take you away
And be hopeful, hopeful
And he’ll make a way
I know it ain’t easy, but that’s okay

Why do you trip every single day?
I didn’t ask to be born but now I have to pay
I ain’t got no money, you take all I have
When I give it to you, I search through my bags
I feel so scared when you shout me down
You kick me, punch me, throw me to the ground
When I ask you, “Yo, what have I done”?
You hit me again, and make fun of my mom!
And I’m hopeful
Yes, I am hopeful for today
Take this music and use it (check it out!)
Let it take you away
And be hopeful, hopeful
And he’ll make a way
I know it ain’t easy, but that’s okay
Just be hopeful
What I wear is all I have
We lost our home, I’m livin’ from a bag
Yo, mr. Bully, help me please
I’m flesh and blood, accept me please
Hey, mr. Bully, I don’t know what to do
My mind, it can’t explain
What I did to you
Mr. Bully, take in all my pleas
Every single day you bring me to my knees

Hopeful
Yes I am hopeful for today
Take this music and use it
Let it take you away
And be hopeful, hopeful
And he’ll make a way
I know it ain’t easy but that’s okay

Just be hopeful

www.vagalume.com.br/bars-melody/hopeful

 

Bars and Melody – Do bullying ao sucesso mundial

    A dupla formada por Charlie Lenehan, de 17 anos (o da esquerda), e Leondre Devries (da direita), de 14, participou da 8ª edição do Britain’s Got Talent, em 2014.

    Os garotos chegaram ao palco esbanjando simpatia e o jurado David Walliams foi responsável por fazer todos os espectadores rirem bastante com seus comentários engraçados com as respostas dos garotos. 

 

 

    Depois de rirem muito e já estarem super à vontade no palco, Devries anuncia que vai cantar a música Hope, de Twista e Faith Evans, adaptado com um rap que ele mesmo compôs. Quando perguntaram do que se tratava o rap, ele surpreende a todos dizendo ser um “anti bullying”. Dos sorrisos no início da apresentação às lágrimas de emoção quando é contado sobre a fase difícil que Drevies teve na escola. Ele é um garoto que
enfrentou o bullying e, entre poucos, conseguiu superar e se reerguer. 

    A música é emocionante e relata o que o garoto passou, além de  motivar as pessoas que passam por isso a crer  que tudo vai melhorar.

    A história dos dois garotos ficou conhecida mundialmente e um vídeo no youtube com essa apresentação teve mais de 70 MILHÕES de visualizações!! Infelizmente eles não venceram essa edição do programa, mas ficaram em terceiro lugar e logo assinaram contrato com a gravadora Syco Music. O single “Hopeful”, foi lançado em julho de 2014 e chegou a ficar em 5º lugar nos mais vendidos. http://mundoemcartas.blogspot.com.br/2015/05/bars-and-melody-do-bullying-ao-sucesso.html

    Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na                              palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato. 

https://novaescola.org.br/conteudo/336/bullying-escola

 

Após ouvir a música, ler uma pequena biografia dos intérpretes da canção e o texto informativo sobre o significado da palavra “Bullying” responda:

1) Qual é a possível tradução para o título do Rap “ Hopeful”, use um dicionário?

a.(   )Esperançoso

b.(  )  Tristonho

c.(   ) Feliz

d.(   )Solitário

 

2) Analise o verso a seguir”… Please help me God…”. Os termos destacados significam que:

a.(   ) O eu lírico pede  ajuda para Deus.

b.(   ) O eu lírico pede socorro a Deus.

c.(   ) O eu lírico pede perdão a Deus.

d.(   ) O eu lírico pede a compaixão de Deus.

 

3) Analise os versos abaixo:

“…I feel so alone

I’m just a kid…”

 …” Esses  versos nos faz refletir como  uma criança ou adolescente sofre ao ser vítima de bullying.

 

a) Você já sofreu bullying na escola ou na sua casa? Comente.

 

b) Ao sofrer bullying, qual atitude você tomou? Ficou se sentindo como o eu lírico relata nos versos acima ou pediu  a ajuda de alguém?

 

c) O eu lírico faz um questionamento no verso “How can I take it on my own?” Que resposta você daria para ele(a) se ele(a) fosse seu amigo(a)?

 

4) “…My momma’s askin’ me why I’m always alone… Too scared to say, too scared to holler” O que o eu lírico relata nesses versos?

a) (   ) Ele diz que o pai dele pergunta porque ele está sempre sozinho e ele tem medo de contar ou gritar.

b) (   ) Ele diz que a mãe dele pergunta porque ele está sempre sozinho e ele tem medo de contar ou gritar.

c) (   ) Ele diz que o tio dele pergunta porque ele está sempre sozinho e ele tem medo de contar ou gritar.

d) (   ) Ele diz que o avô dele pergunta porque ele está sempre sozinho e ele tem medo de contar ou gritar.

 

 5) Encontre na letra da música o verso que corresponde a “…Os nomes que você me chama, eles doem demais..”

 

6) Observe:

“Come to school
Don’t wanna fight, I wanna learn
So please Mr. Bully
Tell me what I’ve done…”

Uma possível tradução desses versos está presente na alternativa:

 

a) (   ) Venho à escola

Não quero brigar, só quero aprender

Então, por favor, Sr. Valentão

Me diga o que eu fiz.

 

b) (   ) Venho à escola

Só quero  brigar, só quero aprender

Então, por favor, Sr. Valentão

Procure o que fazer.

 

7) “Take this music and use it…” Qual é o conselho do eu lírico nesse verso?

a) (   ) Ele diz para seu agressor pegar a música e usá-la, ou seja, refletir sobre a canção e parar com a   prática do bullying.

b) (   ) Ele ofende o agressor nesse  verso e diz para ele se preocupar mais com a vida dele.

c) (   )Ele aconselha as pessoas a procurarem ajuda.

d) (   )Ele diz que a música cura tudo.

 

8) Faça a relação dos versos a seguir com suas traduções.

( A ) -“…Você me chuta, me soca, me joga no chão

Quando eu pergunto, “Cara, o que é que eu te fiz”?

Você me bate de novo e tira sarro da minha mãe…”

 

( B ) “Não pedi pra nascer, mas agora eu tenho que pagar

Não tenho dinheiro, você sempre pega tudo

Quando o dou pra você, procuro nos meus bolsos

Tenho tanto medo quando você grita me intimidando…”

 

( C ). “Ei, Sr. Valentão, não tenho ideia do que fazer

Minha cabeça, ela não consegue explicar

O que é que eu fiz a você

Sr. Valentão, considere todas as minhas súplicas

Todo dia, você me faz ficar de joelhos…”

 

(   )”I didn’t ask to be born but now I have to pay
I ain’t got no money, you take all I have
When I give it to you, I search through my bags

I feel so scared when you shout me down…”  

 

(   )”You kick me, punch me, throw me to the ground
When I ask you, “Yo, what have I done”?
You hit me again, and make fun of my mom!…”

 

(   )”Hey, mr. Bully, I don’t know what to do
My mind, it can’t explain
What I did to you
Mr. Bully, take in all my pleas
Every single day you bring me to my knees…”

9) Analise a imagem abaixo, após retire da letra da música um trecho que exemplifique-a.

 

10) O Bullying não ocorre somente nas escolas. Ele pode ocorrer também no mundo virtual. Analise a imagem abaixo:

a) Quais são as atitudes dos internautas ao visualizarem a foto do casal acima?

 

b) Qual comentário foi o que mais te chocou? Por quê?

 

c) O que você pensa a respeito dessa foto? Você acha que por ser um branco e uma negra eles não podem se amar ou a cor da pele não deve servir de parâmetro para ninguém? Comente. 

 

d) Qual comentário você faria na foto desse casal?

 

    Algumas pessoas desinformadas, tendem a utilizar o Facebook como se não fosse terra de ninguém. Muitos brasileiros ignoram a existência da Delegacia de Crimes Cibernéticos que investiga casos de crimes ocorridos no mundo virtual. Esse jovem casal de Muiraé sofreu diversos comentários racistas no Facebook e a moça cancelou sua conta da rede social. E a polícia de Minas investiga o caso denominado como Cyberbullying.

http://marcuspessoa.com.br/tag/cyber-bullying/

 

11) De acordo com o texto acima o que é Cyberbullying?

Dados e Fatos sobre o Bullying

  • 68% dos adolescentes concordam que o cyberbullying é um problema sério na juventude atual.
  • 66% dos adolescentes que testemunharam a crueldade online também testemunharam os outros que se juntaram; 21% dizem que também se juntaram no assédio.
  • 43% dos adolescentes com idades entre 13 a 17 relatam que sofreram algum tipo de cyberbulying no ano passado.
  • Cerca de 25% dos adolescentes já sofreram bullying repetidamente através de seus telefones celulares ou Internet.

http://marcuspessoa.com.br/tag/cyber-bullying/

 

Algumas CARACTERÍSTICAS do bullying

O bullying envolve ações que retratam tipos específicos de violências, como:

Violência física – empurrar, socar, chutar, bater, beliscar;

Violência verbal – apelidar, xingar, insultar, zoar;

Violência material – destroçar, estragar, furtar, roubar;

Violência moral – difamar, disseminar rumores, caluniar;

Violência psicológica – ignorar, excluir, isolar, perseguir, amedrontar, aterrorizar, intimidar, dominar, tiranizar, chantagear, manipular, ameaçar, discriminar, ridicularizar;

Além de divulgar imagens, criar comunidades, enviar mensagens, invadir a privacidade (cyberbullying).

Normalmente existem três tipos de pessoas envolvidas nesses atos de violências:: o autor (agressor), a vítima (alvo) e as testemunhas (plateia).

http://www.ambito-juridico.com.br/site/?artigo_id=10937&n_link=revista_artigos_leitura

 

Bullying é Crime e Cabe Processo Por Dano Moral

Bullying: Não é brincadeira é Crime, se maior poderá ser preso e ter que pagar indenização, se menor sofrerá sanções disciplinares estabelecidas pelo ECA e os responsáveis pelo menor poderão ser condenados a pagar indenização por danos morais.

Matérias sobre punição por Bulliyng:

 1.Nesses dias, em Minas Gerais, a Justiça condenou os pais de um aluno de uma instituição de classe média alta de Belo Horizonte a pagar uma indenização de R$ 8

mil a uma colega de classe pela prática de bullying. O jovem de 15 anos havia ofendido a colega pelo fato de esta se relacionar com outras, que eram classificadas pelo estudante como lésbicas. A menina também recebia apelidos e insinuações por ter começado a namorar um colega mais rico.

2.No mesmo sentido, desta vez no Estado de São Paulo na cidade de Fernandópolis, pena mais severa por crime de agressão.

Uma iniciativa inédita no estado, dois adolescentes de Fernandópolis, um de 15, outro de 16 anos, foram condenados pela justiça da cidade, por “bullying” contra um menino de 10 anos. Eles vão cumprir medida sócio-educativa em regime semiaberto por tempo indeterminado.
A agressão aconteceu no mês de setembro e a vitima chegou a ser hospitalizada. Uma pesquisa revela que os 66% dos alunos já sofreram algum tipo de agressão física ou psicologia dentro das escolas.

3.No mesmo sentido: Punição por Bullying, desta vez no Mato Grosso do Sul na cidade de Campo Grande

AUTOR DE BULLYING QUE EXTORQUIU COLEGA VAI LIMPAR ESCOLA…

Adolescente de 13 anos irá limpar escola e lavar louça da merenda escolar. Família também terá que devolver R$ 500,00 para vítima em Campo Grande.

  O “castigo” foi aplicado no lugar de medida sócio-educativa, uma alternativa que já tem histórico em outras escolas de Campo Grande, em projeto da promotoria. “Se fosse para a Unei, ele vira bandido”, disse Harfouche.

Harfouche resolveu aplicar este tipo de penalidade o pois o garoto não tinha qualquer antecedente na Justiça. Nestes três meses de penalidade, caso seja flagrado em outra situação irregular, irá responder pelo ato infracional da extorsão, sendo punido com internação na Unei.

https://www.jurisway.org.br/v2/dhall.asp?id_dh=5969

 

Agora você já leu alguns fatos ocorridos devido a prática de Bullying vamos responder algumas questões:

11) De acordo com o texto há punição para quem pratica Bullying? Quais são elas?

 

12) Você conhece alguma pessoa que sofreu ou sofre bullying? Comente.

 

13) De que forma a pessoa que sofre bullying poderá buscar ajuda?

 

14) Na sala de aula tenho liberdade para filmar ou fotografar as aulas , o professor, os alunos, publicar nas redes sociais e fazer comentários depreciativos que afetam a moral das pessoas envolvidas. Você concorda com essa afirmação?

 

15) De acordo com o texto existem três tipos de pessoas envolvidas no bullying, quem são elas , qual delas representa você na sala de aula e por quê?

 

16) Você já sofre algum tipo específico de violência na escola? Comente.

 

17) Das violências sofridas pela vítimas de bullying, quais você julga as mais graves? Por quê?

 

18) Vamos agora realizar um bingo de reflexão. Segue abaixo palavras relacionadas ao bullying, faça uma reflexão sobre elas. Escolha 25 palavras e preencha sua tabela. Cada uma em um quadrinho diferente. Sua professora irá cantar uma a uma e você deverá marcar um x na palavra,  caso você a tenha registrado na tabela. Vale marcar ponto na horizontal, vertical e cartela cheia. Portanto teremos três vencedores nessa competição. Bom Jogo!

covardia, difamação, preconceito, violência, sofrimento, depressão, desprezo, tristeza, agressão, exclusão, provocação, solidão, ofensa, mágoa, lágrima, escuridão, emoção, suicídio, chute, soco, tapa, nervosismo, baixa autoestima, fraqueza ,  baixa raiva,  frustração, ira, contenda, desordem emocional, desordem local, indignação, incoerência, omissão, fingimento, crítica, arrogância, brutalidade, crueldade, perversidade, injustiça, intimidação, isolamento, zoeira, perseguição, humilhação, apelidos ofensivo, xingar, discriminar, dominar, amedrontar, tiranizar, perseguir, aterrorizar, empurrar, socar, beliscar, apelidar, insultar, chantagear, manipular, ridicularizar, destroçar, estragar, furtar, caluniar.

 

19) Agora é hora de produzir. Redija um texto. Escolha uma modalidade narrativo(foco narrativo deverá ser em 1ª pessoa), dissertativo- argumentativo ou dissertativo- expositivo (foco narrativo deverá ser em 3ª pessoa). Nele deverá conter algumas palavras do bingo acima e você deverá redigi-lo com:

Título

Coesão

Coerência

Paragrafação

Pontuação e acentuação de acordo com as normas vigentes.

Não esqueça de fazer uma revisão no seu texto antes de entregar ao professor. Bom trabalho.

 

20) Elaborar um mural informativo na escola sobre o tema Bullying.

O que é Bullying?

O que é cyberbullying?

As características do Bullying.

As três pessoas envolvidas no bullying.

Pesquisar sobre jovens que cometeram suicídio por sofrerem bullying.

Depoimentos de pessoas que sofreram e buscaram justiça.

Mensagens positivas para possíveis vítimas em histórias em quadrinhos, memes e charges.

Exposição das produções textuais.

Exposição de frases de artistas famosos nacionais e internacionais contra o bullying.

 

21) Realizar uma apresentação do Rap HopefulBars & Melody e passar uma mensagem positiva aos estudantes cantando (em coral) a  música Raridade do cantor Anderson Freire. Uma forma de mostrar a importância de cada um.

Raridade – Anderson Freire

Não consigo ir além do teu olhar
Tudo que eu consigo é imaginar
A riqueza que existe dentro de você
O ouro eu consigo só admirar
Mas te olhando eu posso a Deus adorar
Sua alma é um bem que nunca envelhecerá
O pecado não consegue esconder
A marca de Jesus que existe em você
O que você fez ou deixou de fazer
Não mudou o início: Deus escolheu você
Sua raridade não está naquilo que você possui
Ou que sabe fazer.
Isso é mistério de Deus com você.
Você é um espelho
Que reflete a imagem do Senhor
Não chore se o mundo ainda não notou
Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor
Você é precioso, mais raro que o ouro puro de ofir 
Se você desistiu, Deus não vai desistir

Ele está aqui pra te levantar
Se o mundo te fizer cair….

O ouro eu consigo só admirar
Mas te olhando eu posso a Deus adorar
Sua alma é um bem, que nunca envelhecerá
O pecado não consegue esconder
A marca de Jesus que existe em você
O que você fez ou deixou de fazer
Não mudou o início, Deus escolheu você
Sua raridade não está naquilo que você possui
Ou que sabe fazer.
Isso é mistério de Deus com você
Você é um espelho
Que reflete a imagem do Senhor
Não chore se o mundo ainda não notou
Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor.
Você é precioso, mais raro que o ouro puro de Ofir
Se você desistiu, Deus não vai desistir
Ele está aqui, pra te levantar
Se o mundo te fizer cair

(3x)

www.letras.mus.com


 

Por Rosiane Fernandes Silva – Graduada em Letras

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Um comentário para Atividade interdisciplinar: Sobre Bullying – 8º ou 9ª ano

  1. Samuel da Silva Alencar disse:

    A educação agradece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *