Atividade de português: Modo subjuntivo – 2º ano do ensino médio

Atividade de língua portuguesa: Modo subjuntivo - 2º ano do ensino médio

    Atividade de português, dirigida aos estudantes do 2º ano do Ensino Médio, sugere o estudo do modo subjuntivo, empregado na construção de sermão, escrito por Padre Antônio Vieira. 

    Esta atividade de língua portuguesa está disponível para download em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.



 

    Baixe esta atividade em:

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:   

Leia o trecho O amor e a razão, escrito por Padre Antônio Vieira:

    Pinta-se o amor sempre menino, porque, ainda que passe dos sete anos, como o de Jacó, nunca chega à idade de uso da razão. Usar da razão e amar, são duas coisas que não se ajuntam. A alma de um menino que vem a ser? Uma vontade com afetos, e um entendimento sem uso. Tal é o amor vulgar. Tudo conquista o amor quando conquista uma alma; porém o primeiro rendido é o entendimento. Ninguém teve a vontade febriciante, que não tivesse o entendimento frenético. O amor deixará de variar, se for firme, mas não deixará de tresvariar, se é amor. Nunca o fogo abrasou a vontade que o fumo não cegasse o entendimento. Nunca houve enfermidade no coração que não houvesse fraqueza no juízo.

“Sermão do Mandato”. In: Sermões. Rio de Janeiro: Agir, 1957.

Questão 1 – Em “[…] mas não deixará de tresvariar […]”, o verbo grifado significa:

a) delirar

b) disfarçar

c) enfraquecer

d) intimidar

 

Questão 2 – Na parte “Tudo conquista o amor quando conquista uma alma; porém o primeiro rendido é o entendimento”, o termo destacado estabelece entre as orações uma relação de:

a) adição

b) explicação

c) oposição

d) conclusão

 

Questão 3 – Explique a colocação do pronome no trecho “Pinta-se o amor sempre menino […]”:

  

Questão 4 – Ocorre a omissão de um termo oracional no segmento:

a) “[…] ainda que passe dos sete anos, como o de Jacó […]”

b) “A alma de um menino que vem a ser?”

c) “Uma vontade com afetos, e um entendimento sem uso.”

d) “Ninguém teve a vontade febricitante […]”

 

Questão 5 – Registra-se o emprego do modo subjuntivo:

a) “Usar da razão e amar, são duas coisas que não se ajuntam.”

b) “Tudo conquista o amor quando conquista uma alma […]”

c) “O amor deixará de variar […]”

d) “[…] que o fumo não cegasse o entendimento.”

 

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *