O que é Bullying?

Esse termo tem origem do inglês da palavra BULLY que significa brigão ou valentão.

São agressões físicas ou verbais, que ocorrem repetitivamente com intencionalidade contra outros colegas.


O que caracteriza o Bullying é o ato de agressão ocorrer entre iguais, entre colegas por exemplo. Nem toda a agressão é Bullying, mas todo Bullying é uma agressão.

Esse não é um fenômeno atual, o Bullying sempre existiu. Porem essa nomenclatura e a atenção dada a esse fenômeno é recente devido a ênfase dado pelas mídias atuais, devido aos casos de suicídio entre adolescentes.

Devemos atentar-nos quanto a ocorrência do Bullying pois, se não ficarmos atentos podemos achar que é só uma simples brincadeira de criança, porém se esse comportamento se torna repetitivo e fica mais agrave pode causar consequências graves ao agredido.

Os que sobrem com o Bullying pode ter uma queda no rendimento escolar, isolar-se ou apresentar transtornos psicológicos, é importante ficar atento pois em alguns casos a criança fica tão triste com a situação que em muitos casos ele pensa até em suicídio. Na maioria dos casos o aluno passa a ter medo de voltar a escola e sofrer novamente Bullying, isso faz com que alguns alunos peçam aos pais para mudar de escola, ou em casos mais graves em que o aluno não pede ajuda pode até levar ao abandono da escola.

Um dos fatores que pode motivar o Bullying é a necessidade de auto-afirmação do agressor, para conseguir isso ele agride um colega mais fraco seja física ou mentalmente. Esse comportamento do agressor pode ser repetido em todos os aspectos de sua vida em sociedade, traços que ele pode carregar até a vida adulta.

Em geral o aluno que sobre o Bullying é um aluno com problemas de alto estima ou que fazem parte de alguma minoria: religiosa, racial, modo de vida, etc.

Existem também outro envolvido nos casos de Bullying, os espectadores que no geral agem de duas maneiras: o que se cala por medo de ser também um alvo; e o que acha que a agressão é normal e repassa o ocorrido para outros colegas.

São vários os tipos de agressão, a moral e a física, geralmente a agressão física é considerada pior do que a moral, pela maioria das pessoas, pois é a que os hematomas ficam mais visíveis, porem não devemos menosprezar as conseqüências psicológicas da agressão moral, que deixam marcas que podem tornar-se tão profunda que não pode ser curadas.

A agressão física geralmente é penalizada, pois é mais visível as conseqüências e os adultos costumam tomar providencias mais rapidamente. Já as agressões morais como não são visíveis (essas podem xingamentos, apelidos, ou publicações físicas ou pela internet, o cyberbullying), e geralmente a vitima não conta o ocorrido, as punições são muito raras.

É necessário que a intervenção seja imediata, assim que for identificada uma ação que possa ser vexatória. É importante também que sejam realizados projetos de conscientização contra o Bullying.

É possível obter mais informações no site do Ministério Público de SC, nesse site pode-se ter acesso a um material muito rico sobre o Bullying. Como por exemplo:

  • Gibi sobre o Bullying. (clique na imagem para baixar o arquivo)

  • Cartaz informativo sobre o Bullying. (clique na imagem para baixar o arquivo)






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *