Interpretação de texto: “O rato do campo e o rato da cidade”

Interpretação de texto: O rato do campo e o rato da cidade

    Esta é uma atividade de interpretação de texto do gênero fábula voltada a alunos do quarto ou quinto ano. O texto "O rato da cidade e o rato do campo" é um texto simples e de fácil compreensão.

    Esta atividade está disponível em formato Word (modelo que pode ser editado), em PDF (pronto para imprimir) e também a atividade respondida.

 

 

    Baixe esta atividade em:

 

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:

 

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO – FÁBULA

 

O rato do campo e o rato da cidade

 

    Era uma vez um rato que morava na cidade que foi visitar um primo que vivia no campo. O rato do campo era um pouco arrogante, mas gostava muito do primo e recebeu-o com muita satisfação. Ofereceu-lhe o que tinha de melhor: feijão, toucinho, pão e queijo. O rato da cidade torceu o nariz e disse:

    – Não posso entender primo, como consegues viver com estes pobres alimentos. Naturalmente, aqui no campo, é difícil obter coisa melhor. Vem comigo e eu te mostrarei como se vive na cidade. Depois que passares lá uma semana ficarás admirado de ter suportado a vida no campo.

    Os dois puseram-se, então, a caminho. já era noite quando chegaram à casa do rato da cidade.

    – Certamente que gostarás de tomar um refresco, após esta caminhada – disse ele polidamente ao primo.

    Conduziu-o até à sala de jantar, onde encontraram os restos de uma grande festa. Puseram-se a comer geleias e bolos deliciosos. De repente, ouviram rosnados e latidos.

    – O que é isto? – Perguntou assustado, o rato do campo.

    – São, simplesmente, os cães da casa – respondeu o da cidade.

    – Simplesmente? Não gosto desta música, durante o meu jantar.

    Neste momento, a porta abriu-se e apareceram dois enormes cães. Os ratos tiveram que fugir a toda pressa.

    – Adeus, primo – disse o rato do campo. –Vou voltar para minha casa no campo.

    – Já vais tão cedo? – Perguntou o da cidade.

    – Sim, já vou e não pretendo voltar. – concluiu o primeiro.

 

Moral da história:

    Mais vale uma vida modesta com paz e sossego que todo o luxo do mundo com perigos e preocupações.

Fábula de Esopo

 

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

1)    Qual é o título do texto?

R.: 

 

2)    Qual é o tema?

R.: 

 

3)    Quem é o autor?

R.:

 

4)    Quantos e quais são os personagens?

R.:

 

5)    Assinale a qual gênero textual pertence o texto acima.:

a)    Notícia;

b)    Fábula;

c)    Haicai;

d)    Reportagem;

Justifique:

 

6)    Descreva as características dos ratos:

Rato do campo: 

 

Rato da cidade: 

 

 

7)    Como o rato do campo recepcionou seu primo?

R.: 

 

8)    Como vivia o rato da cidade?

R.: 

 

9)    Em sua opinião o que quer dizer a moral da história?

R.: 

 

10)  Passe as frases abaixo da forma afirmativa para as formas exclamativas e interrogativas.

a)    O rato do campo era um pouco arrogante.

R.: 

 

b)    O rato da cidade torceu o nariz.

R.: 

 

 

As respostas estão no link acima do cabeçalho.

 

 





Curta o Acessaber no Facebook

Clique aqui para visitar o Acessaber no Facebook



2 Responses to Interpretação de texto: “O rato do campo e o rato da cidade”

  1. marli disse:

    Ótimo trabalho…Parabéns…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>