Interpretação de texto: É verdade que o açaí e uma das frutas mais calóricas que existem? – 2º ano do ensino médio

    Interpretação de texto, “É verdade que o açaí é uma das frutas mais calóricas que existem?”, indicada aos estudantes inseridos no 2º ano do Ensino Médio. Na notícia em questão, busca-se desmistificar a controvérsia, sugerida pela pergunta que corresponde ao título, em torno da fruta açaí. 

    Esta atividade de português está disponível para download em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.


 

    Baixe esta interpretação em:

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:      

Leia:

É verdade que o açaí é uma das frutas mais calóricas que existem?

    Não é, não. Só para comparar, 100 gramas da fruta têm em média 65 calorias. É o mesmo que 100 gramas de manga ou de maçã, e bem menos que 100 gramas de banana (105 calorias), de abacate (162 calorias) ou do supercalórico tamarindo (230 calorias). Mas de onde vem a má fama do açaí? “O que torna o açaí consumido nas lanchonetes bastante calórico é a adição de outros ingredientes no preparo da polpa, como açúcar e xarope de guaraná”, explica o químico Hervé Rogez, da Universidade Federal do Pará (UFPA) e autor do livro Sabor Açaí. O famoso açaí “na tigela”, popular na Região Sudeste, é preparado justamente com essa polpa turbinada. E com uma agravante: muitas vezes, o açaí vem acompanhado de outras delícias, como banana e granola, que aumentam muito o total de calorias […]. Mas não entre na neura de ficar contando calorias que nem louco. Vale a pena comer açaí de vez em quando, porque ele é supernutritivo. “Primeiro, o açaí tem ação antioxidante – ele é tão bom quanto o vinho para retardar o envelhecimento. Segundo, sua gordura é saudável, semelhante à do azeite de oliva, e faz bem ao sistema cardiovascular”, afirma a nutricionista Cynthia Antonaccio […]. Sem contar que a fruta é rica em fibras, manganês, cobre, cálcio, magnésio, proteínas e potássio. Uma última curiosidade sobre a fruta é que seu modo de consumo no Norte e Nordeste do país é bem diferente. Nessas regiões, suco de açaí é misturado à farinha de mandioca ou tapioca. O produto final é um mingau meio doce, que os nortistas adoram comer com peixe frito.

Disponível em: http://mundoestranho.abril.com.br. Acesso em: 14/05/2016. 

 

Questão 1 – Identifique a finalidade do texto:

 

 

Questão 2 – Em “[…] ele é tão bom quanto o vinho para retardar o envelhecimento.”, a palavra destacada poderia ser substituída por:

a) prolongar

b) postergar

c) provocar

d) vislumbrar

 

Questão 3 – Apresente os referentes dos termos destacados nas passagens a seguir:

a) “O famoso açaí “na tigela”, popular na Região Sudeste, é preparado justamente com essa polpa turbinada.”.

 

b) “Nessas regiões, suco de açaí é misturado à farinha de mandioca ou tapioca.”.

 

 

Questão 4 – Associe:

Efeitos de sentido na notícia:

  1. tempo
  2. explicação
  3. adição
  4. comparação
  5. intensidade
  6. oposição

Conectores sublinhados:

(    ) “É o mesmo que 100 gramas de manga ou de maçã, […]”.

(    ) “Mas de onde vem a má fama do açaí?”.

(    ) “O que torna o açaí consumido nas lanchonetes bastante calórico é a adição […]”.

(    ) “[…] muitas vezes, o açaí vem acompanhado de outras delícias, como banana […]”.

(    ) “Vale a pena comer açaí de vez em quando, porque ele é supernutritivo.”.

(    ) “[…] sua gordura é saudável, semelhante à do azeite de oliva, […]”.

(    ) “[…] manganês, cobre, cálcio, magnésio, proteínas e potássio.”.

 

Questão 5 – Encontra-se registro de informalidade no texto em:

a) “Só para comparar, 100 gramas da fruta têm em média 65 calorias.”.

b) “Mas não entre na neura de ficar contando calorias que nem louco.”.

c) “Uma última curiosidade sobre a fruta é que seu modo de consumo no Norte e Nordeste […]”.

d) “O produto final é um mingau meio doce, que os nortistas adoram comer com peixe frito.”.

 

Questão 6 – Localize os argumentos de autoridade, presentes na notícia, visando à credibilidade das informações prestadas:

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *