Interpretação de texto: Curiosidade – 3º ano do ensino médio

    Interpretação de texto, “Curiosidade”, que trata do surgimento do “bambolê”. A atividade, dirigida aos estudantes do 3º ano do Ensino Médio, compõe-se de variadas questões que contemplam o tema e os diferentes recursos linguísticos utilizados na construção textual, exigindo o acionamento de importantes habilidades de leitura. 

    Você pode baixar esta atividade de português em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.


 

    Faça o download desta interpretação em:

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:         

Leia:

Curiosidade

    Existe brincadeira mais divertida do que conseguir girar um bambolê? Esse brinquedo desafia meninos, meninas e até os adultos. Ninguém resiste a esse aro giratório! Mas, como terá surgido esse brinquedo?

    O bambolê foi criado no Egito há três mil anos. No início, ele era feito com fios secos de parreira. As crianças egípcias usavam os bambolês para imitar os artistas que dançavam com aros ao redor do corpo.

    Os primeiros bambolês modernos eram feitos de madeira ou ferro e eram chamados de aro mortal. Com a criação do plástico polipropileno cristalino, os bambolês ficaram mais leves e muito mais divertidos.

    O bambolê como conhecemos hoje, feito de plástico colorido, foi criado nos Estados Unidos, em 1958. A invenção foi dos jovens norte-americanos Arthur Melin e Richard Knerr, que eram donos de uma fábrica de brinquedos.

    A ideia de fabricar o bambolê nasceu na Austrália, onde os estudantes de ginástica utilizavam aros de bambu na cintura durante seus treinamentos. O novo brinquedo foi batizado de hula hoop e vendeu 25 milhões de unidades em apenas quatro meses.

    Em 1958, uma tradicional fábrica de brinquedos lançou o bambolê no Brasil. Desde então, o brinquedo é sucesso entre as crianças!

Disponível em: http://www.sitedecuriosidades.com. Acesso em: 25/05/16.

 

Questão 1 – Identifique a passagem que explicita o objetivo do texto:

 

Questão 2 – “O novo brinquedo foi batizado de hula hoop e vendeu 25 milhões de unidades em apenas quatro meses.”.  O vocábulo Hula hoop aparece em itálico porque:

a) consiste em um termo pouco usual no Brasil.

b) apresenta grafia controversa.

c) se trata de uma palavra de origem estrangeira.

d) não foi empregado consoante a sua acepção literal.

 

Questão 3 – Assinale a opção que apresenta uma forma de referência ao bambolê:

a) ele

b) este brinquedo

c) o brinquedo

d) esse aro giratório

 

Questão 4 – Identifique a alternativa em que a marcação temporal é feita de forma anafórica:

a) “O bambolê foi criado no Egito há três mil anos.”.

b) “O bambolê como conhecemos hoje, feito de plástico colorido […]”.

c) “[…] foi criado nos Estados Unidos, em 1958.”.

d) “Desde então, o brinquedo é sucesso entre as crianças!”.

 

Questão 5 – “O novo brinquedo foi batizado de hula hoop e vendeu 25 milhões de unidades em apenas quatro meses.”. O elemento sublinhado indica:

a) restrição

b) validação

c) retificação

d) ênfase

 

Questão 6 – “[…] os bambolês ficaram mais leves e muito mais divertidos.”. A sequência sublinhada exerce no contexto da sentença a função de:

a) complemento nominal

b) predicativo do sujeito

c) adjunto adverbial

d) predicado verbal

 

Questão 7 – Encontra-se registro de opinião em:

a) “Existe brincadeira mais divertida do que conseguir girar um bambolê?”.

b) “Esse brinquedo desafia meninos, meninas e até os adultos.”.

c) “Em 1958, uma tradicional fábrica de brinquedos lançou o bambolê no Brasil.”.

d) “Desde então, o brinquedo é sucesso entre as crianças!”.

 

Questão 8 – “A ideia de fabricar o bambolê nasceu na Austrália, onde os estudantes de ginástica utilizavam aros de bambu na cintura durante seus treinamentos.”. Identifique os referentes das formas pronominais sinalizadas no contexto acima:

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *