Interpretação de texto: Cadernos de João – Aníbal Machado – 8º ano

Interpretação de texto: Cadernos de João - Aníbal Machado - 8º ano

    Interpretação de texto, trecho de “Cadernos de João”, escrito por Aníbal Machado. A atividade direciona-se aos estudantes do 8º ano.

    Faça o download desta atividade de português em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.


 

 

    Baixe esta interpretação em:

 

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:      

Leia:

Cadernos de João

Aníbal Machado

    […] Na última laje de cimento armado, os trabalhadores cantavam a nostalgia da terra ressecada.

    De um lado era a cidade grande: de outro, o mar sem jangadas.

    O mensageiro subiu e gritou:

    – Verdejou, pessoal!

    Num átimo, os trabalhadores largaram-se das redes, desceram em debandada, acertaram as contas e partiram.

    Parada a obra.

    Ao dia seguinte, o vigia solitário recolocou a tabuleta: “Precisa-se de operários”, enquanto o construtor, de braços cruzados, amaldiçoava a chuva que devia estar caindo no Nordeste.

 

Questão 1 – Releia:

“Verdejou, pessoal”.

a) Identifique o significado que a palavra “Verdejou” assume no contexto acima.

 

b) O fato “Verdejou” despertou sentimentos opostos entre os personagens do texto. Explique:

 

 

Questão 2 – Foi necessário recolocar o anúncio na tabuleta “Precisa-se de operários” porque:

a) Os trabalhadores foram demitidos.

b) A obra havia sido parada.

c) Os trabalhadores decidiram acertar as contas, graças à chegada da chuva no Nordeste.

d) Precisava-se de mais operários para o término da obra.

 

Questão 3 – Assinale o tipo de sequência que predomina no texto:

a) descrição

b) narração

c) exposição

d) argumentação

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho. 






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *