Atividade de português: Verbos impessoais – 1º ano do ensino médio

Atividade de português: Verbos impessoais - 1º ano do ensino médio

    Atividade de português propõe, aos alunos do 1º ano do Ensino Médio, a identificação do verbo impessoal, utilizado na construção de fragmento do romance O primo Basílio, escrito por Eça de Queirós. 

    Esta atividade de língua portuguesa está disponível para download em modelo editável do Word, pronta para impressão em PDF e também a atividade respondida.


 

    Baixe esta atividade em:

 

ESCOLA:                                                          DATA:

PROF:                                                              TURMA:

NOME:   

Leia este fragmento do romance O primo Basílio, escrito por Eça de Queirós:

    Havia doze dias que Jorge tinha partido e, apesar do calor e da poeira, Luísa vestia-se para ir à casa de Leopoldina. Se Jorge soubesse não haveria de gostar, não! Mas estava tão farta de estar só! Aborrecia-se tanto! De manhã ainda tinham os arranjos, a costura, a toillete, algum romance… Mas de tarde!

    À hora em que Jorge costumava voltar do ministério, a solidão parecia alargar-se em torno dela. Fazia-lhe tanta falta o seu toque de companhia, os seus passos no corredor!…

[…]

O primo Basílio. São Paulo: Ática, 1993.

 

Questão 1 – O emprego do modo verbal na passagem, “Se Jorge soubesse não haveria de gostar, não!”, indica:

a) um desejo

b) uma certeza

c) uma suposição

d) uma obrigação

 

Questão 2 – Assinale o trecho cujo verbo destacado é impessoal:

a) “Havia doze dias que Jorge tinha partido […]”

b) “Luísa vestia-se para ir à casa de Leopoldina.”

c) “[…] a solidão parecia alargar-se em torno dela.”

d) “Fazia-lhe tanta falta o seu toque de companhia […]”

 

Questão 3 – Na parte “Fazia-lhe tanta falta o seu toque de companhia, os seus passos no corredor!…”, os pronomes grifados retomam no contexto do romance:

  

Questão 4 – Identifique o segmento que consiste em um período simples:

a) “Se Jorge soubesse não haveria de gostar, não!”

b) “Mas estava tão farta de estar só!”

c) “De manhã ainda tinham os arranjos, a costura, a toillete, algum romance…”

d) “À hora em que Jorge costumava voltar do ministério, a solidão parecia alargar-se […]”

 

Questão 5 – “Se Jorge soubesse não haveria de gostar, não! Mas estava tão farta de estar só!”. A conjunção “mas” estabelece entre os períodos uma relação de:

 

 

Por Denyse Lage Fonseca – Graduada em Letras e especialista em educação a distância.

As respostas estão no link acima do cabeçalho.







Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *